Desenvolvimento Econômico

Com o objetivo de ampliar a oferta de mão de obra qualificada para o ramo moveleiro e de marcenaria em geral, a Marcenaria Municipal, em convênio com o SENAI e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico voltou a oferecer cursos profissionalizantes na área. Além do preparo dos novos marceneiros, a economia gerada para os cofres municipais é bastante expressiva.

No período de três meses são cumpridas as 160 horas do curso, que é ministrado todas as noites durante três meses por professores credenciados pelo SENAI técnicos em segurança do trabalho. Os colaboradores do Município, já treinados dentro da Marcenaria também contribuem no ensino da profissão. São cerca de 20 alunos por turma e há inclusive participação feminina relevante na área usualmente dominada pelos homens.

A partir do conhecimento completo de materiais, medidas, projeto e orçamento adquirido no curso, os alunos têm a possibilidade de aprender a precificar, por exemplo, evitando prejuízos e desperdícios.

Há uma grande necessidade em toda região por profissionais com conhecimento no setor. Segundo o Coordenador da Marcenaria Municipal, Jefferson Barão, as empresas locais absorvem cem por cento da mão de obra capacitada. “Muitos profissionais que se destacam atualmente nas empresas moveleiras de Pato Branco foram formados conosco” acrescentou o Coordenador.

Parte dos alunos buscam também a qualificação para empreender em seus próprios negócios, bem como, arquitetos e engenheiros que acabam procurando o curso para compreender “melhor a dinâmica de projeto de móveis.

Balcões, escrivaninhas, armários, mesas de reunião, bancos e todo tipo de peça são produzidos na marcenaria conforme a demanda de cada Secretaria. As creches, salas de vacina e diversas unidades de atendimento recebem móveis de alta qualidade e durabilidade.

A economia gerada para a Prefeitura pelo serviço conduzido na marcenaria chega a ser três vezes maior comparado aos mesmos móveis se fossem adquiridos em empresas terceirizadas. Contando com maquinário completo e renovado como refiladeira, coladeira de borda automatizada, lixadeira e torno copiador, todas as etapas da produção são concluídas internamente.

A matéria-prima é cortada, é finalizado com o acabamento, montagem e desmontagem para posteriormente ser instalada pela mesma equipe no espaço determinado.

O curso de marcenaria é oferecido de forma gratuita a todos os pato-branquenses que buscam aprender um novo ofício.

 

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário