Desenvolvimento Econômico

Os 5.929 MEIs e as 5.792 micro e pequenas empresas, que segundo o SEBRAE representam a grande maioria dos negócios em Pato Branco, se deparam com diversos percalços em seu dia a dia e a acessibilidade ao crédito é um dos entraves mais relevantes para esse público.

Como estratégia para promover a retomada econômica e fortalecer essas empresas, a Garanti Sudoeste é uma garantidora de crédito que vem atuando em parceria com a Administração Municipal, ACEPB, Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (IRDES) e SEBRAE. Tais entidades trabalham em caráter privado com a finalidade de complementar garantias exigidas nas operações de crédito junto ao sistema financeiro. O objetivo principal das garantidoras é promover a competitividade e o desenvolvimento empresarial.

A ação ocorre por meio da concessão de garantias complementares junto à rede de agentes financeiros conveniados, facilitando o acesso ao crédito e consequentemente, a geração de emprego e renda.

A falta de garantias reais é uma questão que supera, por exemplo, a inviabilidade do projeto nas razões alegadas pelas instituições financeiras para negar crédito aos pequenos negócios. Além disso, a divergência de informações contábeis e gerenciais, muito comum em empresas destes portes também dificulta o processo de análise e aumenta o risco da operação.

Assim, quanto maior o risco, mais exigências de garantias por parte das instituições. “Acaba ocorrendo um ciclo vicioso, onde a empresa não consegue crédito para financiar seu crescimento por ainda ser de porte pequeno ou micro e consequentemente não ter bens para serem dados em garantia”, explica o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcos Colla. “A iniciativa do Garanti Sudoeste rompe esse ciclo viabilizando melhores opções de linhas de crédito, dando apoio ao empresário”, completa o Secretário.

Não se trata da realização de empréstimos ou financiamentos, mas da oferta de garantias (aval ou fiança) nas operações.

Com o aporte de R$2,5 milhões por parte do Município de Pato Branco, foi alavancado em dez vezes o valor dentro da Garanti Sudoeste, garantindo até R$25.000.000,00.

De acordo com dados do SEBRAE, somente durante os primeiros oito meses deste ano foram 66 CNPJs atendidos, 68 propostas realizadas, efetivando 47 contratos, somando 69,10% dos processos efetivados. A cooperativa Sicredi, por exemplo, possibilitou a efetivação de 43 contratos, somando R$2.978.601,00.

No município as instituições participantes atualmente são Sicredi, Sicoob, Uniprime, Unicredi, Cresol e Evolua. Para buscar o serviço, visando impulsionar sua atividade com taxas de juros mais atrativas, o empresário pode se informar na instituição financeira de sua escolha ou na Sala do Empreendedor.

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Captcha - Digite a Letras Abaixo : *

Reload Image

Postar Comentário