NotíciasTransporte coletivo

A próxima fase contempla o entorno, com alteração da pista e nas vias

A Prefeitura de Pato Branco concluiu a primeira etapa da obra do Terminal Urbano Central do Transporte Coletivo de Pato Branco. A estrutura, onde os usuários serão atendidos, já está concluída. A próxima fase contempla o entorno, com alteração da pista e nas vias, além da automatização do terminal, instalação do sistema de segurança e mobiliário.

“Concluímos a primeira etapa, que é a estrutura física da obra, agora projetamos a próxima, que é o entorno que dará o acesso e funcionalidade do terminal. A expectativa é de iniciarmos ainda neste semestre os serviços, tanto do entorno como das demais estruturas para que o espaço possa atender as necessidades dos usuários”, frisa o secretário de Engenharia e Obra, Vladimir Ferreira.

Ao todo, foram investidos nesta primeira etapa o valor R$ 3.064.056,09, recursos oriundos da concessão do Transporte Coletivo.

O espaço visa melhorar a mobilidade urbana, qualificando o transporte público do município e suprindo as necessidades dos usuários com comodidade, conforto e segurança. 21 linhas serão conectadas, interligando todos os bairros e beneficiando mais de 12 mil pessoas.

O terminal está localizado entre as Ruas Pedro Ramires de Mello, Araribóia e Caramuru, atrás da prefeitura, a estrutura contempla três entradas e saídas com catracas, para manter o controle e segurança dos usuários, coberturas para proteger o embarque e desembarque nos veículos, área de atendimento, sala do consórcio, depósito de material e praças exclusiva para os usuários.

Trânsito

Com a segunda etapa, algumas alterações no trânsito das ruas do entorno serão realizadas.

Conforme o diretor do Departamento Municipal de Trânsito de Pato Branco (Depatran), Robertinho Dolenga, o projeto prevê supressão de todas as vagas de estacionamento nas Ruas Arariboia, Caramuru e Pedro Ramires de Mello.

Prevê faixa exclusiva de circulação de ônibus, sendo que eles entrarão no sentido contrário dos demais veículos nas Ruas Pedro Ramires de Mello e Arariboia, não alterando o fluxo desses veículos.

Ainda, os pontos de ônibus na Caramuru, Tamoio (Casa do Artesão) e Tamoio (antiga Rodoviária) serão desativados e migrarão para o terminal.

“São mudanças que impactarão na mobilidade das vias e também na rotina de muitos motoristas, mas que melhorarão significativamente o transporte coletivo do nosso município. Ainda, a Prefeitura está buscando alternativas para implementar o estacionamento na área central, em vista da supressão. Estamos estudando uma alternativa para minimizar essa questão do estacionamento”, frisa Dolenga.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Captcha - Digite a Letras Abaixo : *

Reload Image

Postar Comentário