AgriculturaNotícias

Os interessados em aderir ao código da moradia rural devem entrar em contato com a equipe da Secretaria de Agricultura

A Prefeitura de Pato Branco lançou, na manhã desta terça-feira (22), o projeto de cadastro de endereçamento rural Pato Rotas no Campo, onde visa gerar um código de endereço para as residências nas propriedades rurais do município.

“Muitos dos nossos moradores da zona rural utilizam os serviços online de compras e sofrem na hora de receber o produto. Além de outras situações, como explicar onde é moradia. Com o endereçamento, tendo esse código, eles poderão compartilhar e informar de forma mais clara e ser localizados com mais facilidade”, explica a secretária de Agricultura, Vanessa Zanon.

“Nosso objetivo é resolver os problemas da nossa população, facilitar a rotina delas e o endereçamento rural vem para isso, vem para fortalecer a inclusão e da nossa sociedade”, pontua o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Desenvolvido pelas equipes da Secretarias de Agricultura e Ciência, Tecnologia e Inovação, o endereçamento rural consiste na geração de um código global criado entre as coordenadas de latitude e longitude. Tendo como principais benefícios auxiliar a população rural em situações de emergências e serviços de entrega.

“O código é único, não sendo utilizado em mais nenhum outro local, e tem a mesma finalidade do nome da rua e o número da casa, usado nas residências da zona urbana”, explica Vanessa. “Com esse código sendo informado em aplicativos de localização a residência é localizada como se fosse colocado o nome da rua e o número da casa. Tem a mesma finalidade, porém é único, não tendo outros iguais”, complementa Giles.

Os interessados em aderir ao código da moradia rural devem entrar em contato com a equipe da Secretaria de Agricultura. “Já realizamos os serviços geológicos e, junto com a equipe de Ciência, Tecnologia e Inovação, temos as coordenadas. Os interessados devem nos procurar que orientaremos sobre os procedimentos e com todas as informações necessárias”, conclui a secretária.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Captcha - Digite a Letras Abaixo : *

Reload Image

Postar Comentário