Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prodeagri repassará R$ 3 mil em equipamento, materiais, serviços e insumos, aos agricultores

O funcionamento do programa foi apresentado aos produtores rurais na tarde desta quinta-feira (23)

Com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar de Pato Branco, fixar as famílias e jovens no campo, a Administração Municipal de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, repassará o valor de R$ 3 mil em equipamentos, materiais, serviços e insumos, aos agricultores. O incentivo é através do Programa de Desenvolvimento da Agricultura (Prodeagri).

 “O programa visa à concessão de incentivos, com a finalidade de cunho social de fixação das famílias e jovens no campo, que beneficiará os produtores rurais com até R$ 3.000,00  em equipamentos, materiais, serviços e insumos”, explica a secretária de Agricultura, Vanessa Zanon. Os agricultores que têm interesse em aderir ao programa, poderão fazer a inscrição a partir da próxima segunda-feira (27), na Secretaria de Agricultura.

O funcionamento do programa foi apresentado aos produtores rurais na tarde desta quinta-feira (23).

“A expectativa do programa é que através de cada demanda apresentada pelos produtores, possamos além do benefício material, incrementar o setor produtivo visando uma melhor qualidade de vida e de certa forma, incentivar a permanência das famílias e jovens no campo”, reforça Vanessa.

“Um importante programa que visa fortalecer a nossa agricultura, auxiliando os produtores, levando desenvolvimento, dando dignidade e respeito para eles”, ressalta o prefeito de Pato Branco, Robson Cantu.

Documentação

Para fazer a inscrição, o produtor deverá apresentar os seguintes documentos, originais e atualizados:

– RG e CPF do casal;

– Matrícula da terra atualizada;

– Contrato de arrendamento (se for o caso);

– CCIR atualizado;

– Comprovante de residência;

– DAP – Declaração ao Pronaf;

– Comprovante do CAD PRO.

O produtor deverá comprovar, através de documentos, que é proprietários ou arrendatários de imóvel rural no em Pato Branco, ter residência fixa por no mínimo seis meses, ter CAD/PRO ativo e com emissão de notas, não dispor de área superior a três módulos fiscais (54 ha) e com renda de no mínimo 80% provenientes da produção agrícola. Além dos documentos, os produtores deverão preencher um cadastro o qual será analisado pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR).

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários