Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato-branquenses já podem se inscrever no Programa Casa Fácil

O Casa Fácil é o programa de habitação do Governo do Estado do Paraná, desenvolvido e executado pela Cohapar, juntamente com o Governo Municipal

Famílias pato-branquenses já podem se inscrever no Programa Casa Fácil Paraná. O cadastro pode ser realizado na Secretaria Municipal de Assistência Social, no Departamento de Habitação, ou pelo site da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), https://www.cohapar.pr.gov.br/.

“Já estamos realizando o cadastro de famílias que tenham interesse em aderir ao Programa Casa Fácil. Ainda, estamos fazendo um chamamento para aqueles que já se inscreveram há algum tempo, de 2010 para cá, e que não foram contemplados por programa de habitação, que venham atualizar os dados”, explica o diretor do Departamento de Políticas Habitacionais, Moacir Gregolin.

Tanto para a atualização, quanto para o cadastramento, os interessados devem apresentar documentação pessoal (RG/CPF), comprovante de residência, documentos dos demais membros da família e comprovante de renda.

O Casa Fácil é o programa de habitação do Governo do Estado do Paraná, desenvolvido e executado pela Cohapar, juntamente com o Governo Municipal. O objetivo é viabilizar a construção de moradias para famílias com renda mensal de até seis salários mínimos, com prioridade de atendimento para aquelas de menor renda, até três salários mínimos. Com a concessão de subsídio de R$ 15 mil por família para custeio do valor de entrada em financiamento do Governo Federal.

600 casas populares

Com um investimento de R$ 84 milhões, a Administração Municipal de Pato Branco, por meio do programa e com a Cohapar, financiará diretamente a construção das casas para famílias com renda de um a três salários mínimos.

As condições de pagamento facilitadas incluem a ausência de cobrança de valor de entrada e prestações mensais reduzidas de financiamento, que pode ser quitado em até 360 meses. As unidades de interesse social suprirão a necessidade da Assistência Social do município.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários