Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Pato Branco inicia aplicação de dose de reforço em idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos

A Secretaria de Saúde de Pato Branco inicia nesta semana a aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19  em idosos acima de 70 anos e imunossuprimidos. Os primeiros grupos atendidos serão  os idosos acima de 70 anos, do Lar São Vicente e Aconchego, nesta terça-feira.


A medida segue a recomendação do Ministério da Saúde,  que orienta a aplicação da dose de reforço em idosos após 180 dias da aplicação da segunda dose ou dose única, e em pacientes imunossuprimidos 28 dias após a segunda dose ou dose única.

Vacinação

Em Pato Branco, idosos acamados acima de 70 anos serão vacinados em casa. Residentes nos bairros deverão realizar o agendamento com a unidade de saúde de referência. Já idosos residentes na área central da cidade poderão realizar o agendamento pelo telefone (46) 984214088.

“Nós já temos a lista com os pacientes acamados e faremos a vacinação destes pacientes. O planejamento é tentar vacinar até o início de outubro todos os acamados acima de 70 anos”, destacou a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Emanoeli Stein.

Já idosos não acamados acima de 70 anos e residentes nos bairros, serão vacinados nas unidades de saúde dos bairros, nos dias 22, 23 e 28 de setembro, das 13h às 16h.

Já idosos acima de 70 anos não acamados das regiões centrais, poderão comparecer na sala de vacina central ou no drive thru, das 8h às 16h, nos mesmos dias.

Para receber a dose os pacientes devem apresentar carteira de vacina com o registro das doses anteriores da vacina contra a covid-19, RG e CPF

Imunossuprimidos

Nos pacientes imunossuprimidos, a vacinação será somente nas unidades de saúde nos dias 22, 23 e 28 de setembro, das 13h às 16h, ou na sala de vacina Central, das 8h às 16h. Não haverá drive-thru para este público.

São considerados pacientes imunossuprimidos;

– Pacientes com imunodeficiência primária grave (defeitos genéticos);
– Pacientes em Quimioterapia;
– Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas em uso de drogas imunossupressoras;
– Pacientes vivendo com HIV/AIDS;
– Pacientes que fazem uso de corticóides em dose > ou = 20 mg/Kg/dia de prednisona ou equivalente por período superior a 14 dias;
– Pacientes que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune: metotrexato, leflunomida, micofenolato de mofetila, azatiprina, ciclofosfamida, ciclosporina, tacrolimus, 6-mercaptopurina, biológicos em geral (infliximabe, humira, adalimumabe, tocilizumabe);
– Pacientes em Hemodiálise;
– Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias)

Pacientes imunossuprimidos devem apresentar carteira de vacina (para avaliar a vacinação anterior e intervalo correto), RG, CPF e  comprovante de residência.

No ato da vacinação será consultado o sistema do Ministério da Saúde para avaliar a digitação de doses anteriores como Imunossupressão.

Já pacientes com condição clínica nova de imunossupressão deverão apresentar obrigatoriamente a receita médica

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários