Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Com apoio da Administração Municipal de Pato Branco, Senai retoma curso de marcenaria

Buscando qualificar profissionalmente o pato-branquense, além de gerar emprego e renda, a Administração Municipal de Pato Branco, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, iniciou nesta segunda-feira (12), o curso de qualificação profissional em marcenaria. São 20 alunos, entre jovens e adultos, que terão certificado de Qualificação Profissional na área, com o registro no Código Brasileiro de Ocupação (CBO).


“Após anos sem profissionais capacitados na área, em uma parceria importante, estamos oferecendo a profissionais que já atuam na área mais conhecimento e dando a oportunidade a outros para que tenham uma profissão. Ser marceneiro é profissão fundamental, pois no nosso município há inúmeras empresas do setor moveleiro que necessitam de profissionais. Dar dignidade para os pato-branquenses é dar conhecimento”, ressalta o prefeito de Pato Branco, Robson Cantu.


O curso é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), após uma demanda levantada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico junto ao setor. Serão três meses de aula, entre teóricas na entidade de ensino e práticas na Marcenaria da Prefeitura Municipal, totalizando uma carga horária de 160 horas.


Déficit de mão de obra


Empresário há mais de 30 anos no setor de moveleiro, Ary Fim apontou um déficit que se estende há cerca de 15 anos por mão de obra especializada na marcenaria. Enquanto empresário, disse que as vagas disponibilizadas não iam de encontro aos conhecimentos dos candidatos, o que criava um gargalo no município.


Para ele, o retorno das aulas, que haviam sido interrompidas pela Administração há alguns anos, deve potencializar o setor. “Este curso deve permitir que jovens iniciem na profissão e que se desenvolvam ainda mais no setor. Porque a marcenaria é uma profissão diferenciada, que exige habilidades, exige muito amor. Acredito que isso irá se converter em novas ideias e em resultados promissores para o futuro”, frisou.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários