Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Com acesso facilitado ao crédito, Administração Municipal auxiliará pequenas empresas pato-branquenses na retomada econômica

Empresas sediadas em Pato Branco, independente do porte, sem restrições de crédito, poderão obter crédito

Em meados de junho de 2021, a Administração Municipal de Pato Branco apresentou o Programa de Retomada Econômica Pós-Covid-19, com objetivo de fortalecer os pequenos negócios, retomar o crescimento, gerar empregos, renda e movimentar a economia local. Na manhã desta quarta-feira (22), como parte do plano, foi lançada a linha de crédito, com acesso facilitado, para essas empresas.

“Hoje nós estamos lançando um dos maiores projetos da história de Pato Branco, uma história que antigamente o invisível não tinha oportunidade e hoje ele vai ter”, enalteceu o prefeito de Pato Branco, Robson Cantu, durante o lançamento. “Pato Branco é hoje uma das dez cidades paranaense que mais gera emprego, que mais está crescendo na construção civil e nós vamos recuperar a economia que tanto precisa, ajudando aquela pessoa que tanto precisa. Vamos fazer de Pato Branco uma cidade com dignidade e oportunidade para todos”.

Através da Sociedade Garantidora de Crédito (SGC), via aporte financeiro da Administração Municipal ao Fundo Garantidor, todas as empresas sediadas em Pato Branco, independente do porte, sem restrições de crédito, poderão obter crédito com juros mais acessíveis, menos burocracia e mais chances de liberação.

Poderão ser obtidos empréstimos bancários para capital de giro de até R$100 mil e para investimentos de até R$150 mil, com o aval do Fundo de Risco Local de até 80% do valor tomado. Tudo com opções de amortização entre 12 e 48 meses, com carência de até 3 meses. A taxa de juros inicia de forma fixa a partir de 0,99% ao mês e nos empréstimos de 48 meses envolvem juros de 0,69% ao mês, acrescidos do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

As instituições aptas a operar o Fundo são: Sicoob, Sicredi, Cresol, Uniprime, Evolua e Unicred.

“Pato Branco está disponibilizando para as empresas o dinheiro mais barato que existe. É o município com a maior proporcionalidade de investimentos em crédito para empresas, per capita, do país”, salientou o presidente da Sociedade Garantidora de Crédito Central, Augusto José Sperotto. Citando como exemplo Curitiba que investiu na Sociedade Garantidora de Crédito o equivalente a R$ 4  por habitante, Maringá R$ 12 por habitante, Londrina R$ 7 por habitante e Pato Branco próximo a R$30 habitante.

“Na proporção a população Pato Branco é, sem dúvida, um exemplo a ser seguido. É algo que o prefeito e as lideranças estão fazendo de importante para a comunidade”, enalteceu Sperotto.

Todas as informações sobre o acesso facilitado ao crédito estão no site https://www.retomadapatobranco.com.br/.

Plano de Retomada

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, juntamente com o Sebrae/PR, o Plano de Retomada contempla cinco etapas, buscando atender os setores que mais sofreram com os efeitos da pandemia do coronavírus, especialmente o Microempreendedor Individual (MEI), desburocratizar alguns serviços e, principalmente, facilitar o acesso ao crédito.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários