Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Dia Ativo Regional reuniu em Pato Branco idosos do Sudoeste do Paraná

Na ocasião, também aconteceu o lançamento do Programa Viver-Envelhecimento Ativo e Saudável, com a inauguração de um espaço com laboratório de informática

Cerca de 600 idosos do Sudoeste do Paraná estiveram reunidos no sábado (28) pela manhã, em Pato Branco, para abertura do XII Dia Ativo Regional 2019 e para as atividades esportivas no Largo da Liberdade, Colégio La Salle e Grêmio Industrial Patobranquense e, no período da tarde, no Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Carreteando a Saudade para atividades culturais. O evento foi promovido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, União de Associações de Moradores dos Bairros, Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), Comitê Gestor Cidade Amiga da Pessoa Idosa, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Família Rotária de Pato Branco, CTG Carreteando a Saúde, Colégio La Salle, Grêmio Industrial Patobranquense e Instituto Policlínica.

Participaram do evento, idosos dos municípios de Chopinzinho, Honório Serpa, Itapejara do Oeste, Mangueirinha, São João, Saudade do Iguaçu, Sulina, além dos mais diversos grupos de idosos de Pato Branco. Dentro da programação, que teve o objetivo de promover a qualidade de vida, potencializando o convívio comunitário dos idosos e evitando o isolamento e a exclusão social, também aconteceu o lançamento do Programa Viver-Envelhecimento Ativo e Saudável, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH), com a inauguração de um espaço com laboratório de informática, no Largo da Liberdade, que visa inserir a pessoa idosa no mundo digital.

A conquista é fruto do bom trabalho desenvolvido por Pato Branco, por meio do plano de ação do programa Cidade Amiga do Idoso. O espaço é gerenciado pelas secretarias municipais de Assistência Social, de Esporte e Lazer e de Ciência, Tecnologia e Inovação e, conta com oito computadores, oito webcams, um projetor de imagem e uma impressora.

Ao final do evento, foram divulgados os vencedores das competições culturais e esportivas. Na classificação geral, o primeiro lugar ficou com o município de Pato Branco, o segundo com a cidade de Mangueirinha e, o terceiro, com o município de São João. No concurso de Miss e Mister,  Rita Toldo e Adalirio Toldo, de Pato Branco, foram os vencedores. No concurso de dança de salão, no ritmo xote, Atagibe de Santos e Belirdes Santos (Pato Branco) conquistaram o primeiro lugar. Américo Bez e Gertrudez Pessato, também de Pato Branco, obtiveram a primeira colocação no tango e, Hilário Luiz Pimmel e Dalira Pimmel, de São João, venceram no ritmo de valsa.

Na disputa de bocha feminina e masculina, o primeiro lugar ficou com São João; canastra mista: Mangueirinha; caxeta mista: Sulina; pontinho A4 misto: Pato Branco; pontinho carta misto: Mangueirinha; trilha mista: Pato Branco; truco misto: Itapejara do Oeste; dominó misto: Pato Branco e no voleibol feminino, masculino e misto: Mangueirinha.

O prefeito Augustinho Zucchi ressaltou que foi um privilégio para Pato Branco receber as comitivas da Terceira Idade de toda a região em uma programação especial. “O Dia Ativo é especial, momento de alegria, de congraçamento, de lazer e esporte a todos os idosos. Um dia para revigorar essas pessoas que merecem respeito, que tem tanta história e do qual nós muito devemos. Que continuem vivendo com alegria e saúde e sendo exemplo para todos”, salientou.

A secretária municipal de Assistência Social, Anne Cristine Gomes da Silva Cavali, ressaltou que o evento buscou fortalecer os laços e proporcionar qualidade de vida aos idosos. “Fomos o terceiro município do Brasil e o primeiro do Paraná, certificado no Programa Cidade e Comunidades Amigáveis com a Pessoa Idosa, concedida pela Organização Panamericana da Saúde (Opas) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa certificação foi concedida em virtude das ações voltadas à qualidade de vida e à longevidade da terceira idade, realizadas por Pato Branco. Esse foi um dia repleto de amor, alegria, integração, de bem-estar e novas amizades. São momentos que fazem a diferença na vida deles”, enfatizou.

O secretário municipal de Esporte e Lazer, Paulo Vicente Stefani, destacou que o Dia Ativo Regional é um evento realizado com o apoio das mais diversas entidades, que trabalham para motivar cada vez mais os idosos. “O objetivo maior é promover bem-estar aos nossos idosos, para que tenham uma vida mais saudável, autoestima elevada e alegria para viver bem e felizes os próximos anos de suas vidas”, salientou.

Exemplo para o Sudoeste

O presidente da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop) e prefeito de Saudade do Iguaçu, Mauro Cenci, disse ser uma honra estar em Pato Branco, a primeira cidade certificada do Paraná no Programa Cidade e Comunidades Amigáveis com a Pessoa Idosa. “Pato Branco está dando exemplo para todas as cidades pela sua organização e pelo carinho com que trata das questões voltadas à terceira idade. Queremos também construir políticas públicas pensando neste público e, sim, transformar o Sudoeste em uma região amiga da pessoa idosa”, evidenciou.

Werner Ildon Gerhardt, integrante do Rotary Club de Pato Branco-Sul e governador ano rotário 2015/2016 do Distrito 4640, que abrange o Centro, Oeste e Sudoeste do Paraná, afirmou que é dever das entidades de serviço, dos órgãos públicos e de toda a comunidade, promover condições para o envelhecimento saudável. “Devemos cuidar dos idosos, através de políticas públicas e projetos sociais, para que tenham uma melhor qualidade de vida e envelheçam com saúde e dignidade”, apontou.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos do Idoso (CMDI), Carmen Oenning, ressaltou que a união das mais diversas entidades é responsável por proporcionar momentos de felicidade aos idosos. “Ver a alegria estampada no rosto deles, permitir que tenham uma condição de vida melhor, que confraternizem é muito importante. É um dia em que vemos o potencial da fraternidade, o elo de amizade, onde eles mostram que a vida vale à pena”, frisou.

Representante da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e integrante do Comitê Gestor Cidade Amiga da Pessoa Idosa, Márcia Balbinotti de Lourenço, salientou que Pato Branco é um município que se prepara para o futuro, preocupando-se com o público da terceira idade. “Sendo uma Cidade Amiga da Pessoa Idosa temos muita responsabilidade, mas também é motivo de alegria termos este título, e neste evento, fazê-los mais felizes, neste dia tão agradável e feliz”, ressaltou.

Valorização

Salete Barancelli, 65 anos, de São João, participou de um Dia Ativo Regional pela primeira vez e se sentiu muito feliz. “Estou admirada com a recepção que tivemos em Pato Branco, com essa festa que fizeram pra nós. É uma alegria e um incentivo para nos exercitarmos cada vez mais e fazermos amizades”, opinou.

Justino Debarba, 74 anos, da Universidade Aberta à Terceira Idade da Faculdade de Pato Branco (Unati-Fadep), contou que a integração que o evento proporcionou é interessante. “É um dia em que me distraio, cuido da minha saúde, não tenho dor e nem preciso tomar remédio. Eu gosto dessa confraternização”, destacou.

Para Irio Sivieiro, 71 anos, de Chopinzinho, o evento será guardado no coração. “Viemos competir, mas perdemos. O que importa mesmo foram as amizades, a integração com outros municípios, essa alegria”, salientou.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários