Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Produtores da Agricultura Familiar se inscrevem no PAA

A Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, promoveu, nesta quinta-feira (29), um encontro para realizar a apresentação e inscrição dos produtores rurais, voltados à agricultura familiar, no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), oferecido pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania, o qual, recentemente, passou por algumas mudanças. Os produtores já haviam participado de edições anteriores do Programa, que renova as inscrições anualmente e que destina, para Pato Branco, R$ 190 mil em recursos, que são pagos aos agricultores inscritos, conforme o volume de produtos entregues.

O PAA foi criado em 2003, com o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Em Pato Branco, os produtos entregues são utilizados para servir cerca de 14 mil refeições diárias, entre a Rede Municipal de Educação e entidades, como explicou a Chefe do Setor de Alimentação Escolar da Prefeitura de Pato Branco, Bruna Rebonatto.

“São legumes, frutas e verduras que garantem uma alimentação saborosa e nutritiva para milhares de pessoas, que podem consumir produtos frescos e com qualidade, promovendo a saúde e movimentando a economia do município. Outro destaque é o impacto que ele gera na valorização da agricultura familiar, onde já há casos de filhos dando continuidade ao trabalho realizado por seus pais”, enalteceu Bruna.

Para Marcos Auache, agrônomo da Prefeitura de Pato Branco, outro ponto importante é o estímulo a produção de diferentes culturas. “Os produtores plantam vários alimentos e, consequentemente, também desenvolvem um consumo mais saudável em sua própria alimentação”, explicou Marcos.   

De acordo com o agrônomo, atualmente, em Pato Branco, mais de 200 produtores são agricultores familiares e possuem a Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP), documento necessário para a inscrição no Programa. “O PAA garante uma frequência na entrega e uma estabilidade na renda, pois os produtos seguem a tabela de valores regionais estabelecido pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), não sofrendo oscilações, mesmo se os produtos tiverem uma baixa no preço em virtude de excesso de produção”, destacou Marcos.

Rosa Maria Bello Noal, produtora e moradora da comunidade de Passo da Ilha participou de edições anteriores do PAA e disse estar satisfeita com o Programa. “Além de ser uma fonte de renda fixa, fico orgulhosa em saber que os produtos que cultivamos em nossa propriedade são utilizados para alimentar diversos pato-branquenses”, afirmou ela.

Participando pela primeira vez no Programa, está a jovem Poliana Sierhut, 19 anos, moradora e produtora da comunidade de Rio Gavião. “É um negócio viável, onde posso garantir uma renda, contribuir para mantermos a propriedade e continuar investindo em algo da família”, ressaltou ela.

Mais informações

Os produtores que não participaram do encontro, mas tem interesse em saber mais sobre o PAA ou realizar a inscrição, precisam entrar em contato com a Secretaria Municipal de Agricultura, junto à Prefeitura de Pato Branco, pelo telefone (46) 3220-1504, ou no Setor de Alimentação Escolar, na rua Goianazes, 919, pelo telefone (46)3220-6027.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários