Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa nesta quinta-feira (16) em Pato Branco

Para evitar aglomerações, a imunização acontecerá em pontos estratégicos: nos CMEIs, Escolas da Rede Municipal e em algumas UBS

A Prefeitura de Pato Branco, através da Secretaria Municipal de Saúde, inicia nesta quinta-feira (16), a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Nesta fase serão contemplados portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; profissionais da força de segurança e salvamento; funcionários do sistema prisional; adolescente e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; além de caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuário.

Para evitar aglomerações, a imunização acontecerá em pontos estratégicos: nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), nas Escolas da Rede Municipal dos bairros, além de algumas Unidades Básicas de Saúde. No interior, a imunização ocorrerá em datas específicas. As doses serão distribuídas gradativamente pelo Ministério da Saúde. A população privada de liberdade, os funcionários, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa serão vacinados exclusivamente nas dependências do sistema prisional.

Os caminhoneiros e motoristas de transporte coletivo devem apresentar documento que comprove o exercício desta função, podendo ser carteira ou contrato de trabalho, crachá, ou similares. Para os caminhoneiros autônomos, que não possuem documentação comprobatória, será aceito a CNH com categoria C, os mesmos podem procurar o ponto de vacinação independente do município de residência. De acordo com orientações do Ministério da Saúde, os motoristas de aplicativo ou de táxi não estão contemplados nesta fase, devido ao escalonamento da entrega das vacinas pelo laboratório produtor e a indisponibilidade de quantitativo para atender a todos.

Os profissionais das forças de segurança e salvamento (policial civil, militar e rodoviário; bombeiro e vigia profissional) também deverão apresentar documento que comprove a função.

Conforme a coordenadora de Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Elys Regina Albani, as equipes de saúde não estarão atendendo para emissão de receita médica para a indicação de vacina contra a Influenza, considerando o momento epidemiológico atual. Portanto, os portadores de doenças crônicas e condições clínicas especiais deverão procurar exclusivamente o ponto estratégico da unidade de saúde de referência, na qual é acompanhado, pois as equipes, na maioria dos casos, já conhecem seus pacientes, bem como seus problemas de saúde.

“Nesta condição, pedimos para que os usuários se organizem antecipadamente, para que no dia que procurarem o ponto estratégico para vacinação contra Influenza, apresentem documentos que comprove seu histórico de condição crônica, podendo ser exames já realizados, receita de medicação em uso, laudo médico anterior que cita a condição de saúde, carteirinha de acompanhamento, dentre outros”, explicou Elys.

As doenças crônicas elegíveis para vacinação contra Influenza, de acordo com o informe técnico do Ministério da Saúde:

A segunda etapa da vacinação contra Influenza se dará nos seguintes locais:

Comunidades do interior:

22/04 – Independência 8h30 às 10h

22/04 – Sede Dom Carlos 14 às 15h30

22/04 – Fazenda da Barra 13h30 às 15h

23/04 – Passo da Ilha 8h30 às 10h

23/04 – Sede Gavião 14 às 15h30

27/04 – Cachoeirinha 8h30 às 10h

28/04 – São Caetano (Pavilhão) 14 às 15h30

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários