Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação apresenta sistema de Reconhecimento Facial

O sistema está em quatro das 52 câmeras de monitoramento do município

Visando garantir qualidade na segurança dos pato-branquenses, a Administração Municipal de Pato Branco, através da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, apresentou a prova de conceito (POC) (sistema) de Reconhecimento Facial.

O sistema, desenvolvido pela empresa pato-branquense Proc TI, está em quatro das 52 câmeras de monitoramento do município. Sem custo algum para a cidade, a base de dados do software será alimentado pela Polícia Civil e Militar, podendo assim  “identificar em meio a multidões, pessoas suspeitas de crimes ou foragidos e assim tirá-las de circulação”, frisa o prefeito de Pato Branco, Robson Cantu. “Através da tecnologia queremos melhorar a segurança dos pato-branquenses, melhorar a vida das pessoas, a qualidade da entrega dos serviços para a população”, completa.

De acordo com o coordenador do projeto, André Hass, com o avanço da tecnologia no âmbito de câmeras de monitoramento e reconhecimento facial com a utilização inteligência artificial, mesmo com o uso de máscaras, devido à pandemia, muitos softwares baseados em IA estão conseguindo um nível de acerto de até 95%, “se tornando muito confiável e contribuindo para a segurança pública”.

“Esses softwares de reconhecimento facial, disponíveis atualmente, analisam as características presentes na região dos olhos, nariz, boca e orelhas para identificar um indivíduo cuja imagem já foi fornecida, seja por conta própria ou por um banco de dados”, explica André.

“Esse é o projeto piloto, de um assunto muito importante. Queremos transformar Pato Branco em uma cidade segura” reforça o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Giles Balbinoti, lembrando ser uma “tecnologia muito boa, que usada de forma correta vai trazer muitos benefícios para a segurança pública de Pato Branco”.

A apresentação foi na manhã desta quarta-feira (19), no 3º Batalhão da Polícia Militar (BPM), com a presença de policiais militares, representantes da empresa responsável pelo sistema, do delegado-chefe da 5ª SDP, de Pato Branco, Helder Lauria, e da delegada da Delegacia da Mulher de Pato Branco, Franciela Alberton.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários