Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Após reabertura do comércio em Pato Branco, avaliação de empresários e população é positiva

Decreto Nº 8.645 entrou em vigor no dia 06 de abril

Entrou em vigor no dia 6 de abril, em Pato Branco, o Decreto Nº 8.645 de 03 de abril de 2020, que estabeleceu a reabertura de estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços em horários diferenciados. O Decreto, que tem validade por tempo indeterminado, podendo ser alterado ou revogado, por necessidade e interesse público, alterou os dispositivos do Decreto nº 8.641, que definiu outras medidas de enfrentamento da pandemia provocada pelo Coronavírus (Covid-19), em Pato Branco.

Após uma semana da nova medida, a análise dos empresários, associações e população é positiva. O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco (ACEPB), Ezaul Zillmer, afirma que a reabertura do comércio era inevitável. Segundo ele, foram poucas reclamações quanto ao não cumprimento das medidas. “Exceto os bancos, que teve mais movimento, o comércio como um todo se comportou bem. Com a separação dos segmentos, a fim de manter as normas de segurança do transporte coletivo e com o uso obrigatório das máscaras, observamos que realmente foi bom, aliás, é isso que diferencia Pato Branco dos outros locais. Pedimos aos empresários que continuem cumprindo a determinação, pois semanalmente estaremos avaliando o funcionamento”, frisa.

O presidente da Associação Paranaense de Supermercados (Apras) – regional Sudoeste, Fernando Delazeri, disse que os supermercadistas de Pato Branco estão se adaptando às novas medidas. Entre as principais ações estão à demarcação de distância mínima entre pessoas nas filas; a obrigatoriedade do uso de máscaras e veiculação constante de “spots” dentro dos estabelecimentos. “Estipulamos medidas desde o início do decreto e observamos que a maioria das pessoas tem respeitado. Algo que chamou atenção é que o número de idosos que frequentavam os mercados diminuiu consideravelmente. Entendemos que os empresários têm condições de educar o cliente e colaborar para melhorar a conduta comportamental dos clientes neste momento. Acreditamos que seja papel de todos colaborarmos, para que o mais breve, essa situação esteja controlada”, ressalta. 

O vendedor Celso Luiz Guaresi, morador de Pato Branco, analisa positivamente a reabertura do comércio, no entanto, considera que os empresários e a população precisam ser mais conscientes. “O comércio precisava voltar a funcionar para que a economia não quebrasse, mas acho que tem que trabalhar dentro das normas estabelecidas, respeitando os horários. E as pessoas também devem ser mais respeitosas e evitar aglomeração”, opina.

Notificações em estabelecimentos

A Divisão de Vigilância Sanitária de Pato Branco realizou fiscalização nos estabelecimentos comerciais desde o dia 6 de abril, sendo que cerca de 40 locais, principalmente bares e barbearias, foram notificados por trabalharem fora do horário estipulado no decreto (à noite e Feriado de Páscoa). Além disso, foram registradas mais de 30 ocorrências referentes à aglomeração de pessoas, na sua maioria, fora dos estabelecimentos neste período.

Conforme a chefe da Divisão de Vigilância Sanitária, Cirlei dos Santos, a população e os empresários ainda estão muito resistentes em cumprir a determinação de isolamento social. “Pedimos que tanto os proprietários dos estabelecimentos como os cidadãos cooperem neste momento. Quem não precisar trabalhar, fique em casa. Saia apenas em casos de extrema necessidade: uma pessoa por família no mercado, no comércio. Ajudem-nos, pois somente assim passaremos por isso mais rapidamente”, salienta.

Fiscalização

O Comitê Gestor de Combate à pandemia do Coronavírus (Covid-19) definiu nesta terça-feira (14), em reunião entre o prefeito Augustinho Zucchi e representantes da sociedade civil, Sétima Regional de Saúde, Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, que será realizada uma fiscalização mais intensiva no comércio e nas ruas da cidade, para a averiguação do cumprimento dos decretos, uso de máscara, horários de lojas, entre outras normas já estipuladas em Pato Branco.

Para conferir o Decreto Nº 8.645, na íntegra, acesse: https://bit.ly/2x3Q2Ix

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários