Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Profissionais da educação são incluídos na vacinação contra a influenza (H1N1)

A Secretaria de Saúde de Pato Branco incluiu todos os profissionais da educação no grupo de vacinação da terceira etapa da campanha contra a influenza (H1N1). Na segunda fase, apenas professores do ensino básico e superior puderam tomar o imunizante, por isso a Vigilância ampliou o público.


A medida está em acordo com memorando expedido pela Vigilância em Saúde do Governo do Estado do Paraná. Podem se vacinar trabalhadores de todas as áreas que compreendem a educação, desde secretaria, limpeza, vigilância e demais profissionais que atuem dentro das escolas de ensino público e privado.


Para receber a vacina, a categoria precisa apresentar declaração emitida pela instituição de ensino, RG, carteira de vacina e holerite.


As doses serão aplicadas de segunda a sexta-feira nas salas de vacina das Estratégias de Saúde da Família (das 8h às 11h) e no ponto extra, ao lado da sala de vacina central, na Unidade Central de Saúde (das 8h às 11h15 e das 13h30 às 16h45).


Pessoas que tenham recebido a vacina contra a covid-19 devem, obrigatoriamente, aguardar o intervalo de 14 dias para receber a dose da vacina contra a influenza. Da mesma forma, quando forem vacinados contra a influenza, deverão aguardar 14 dias para tomar a vacina contra a covid-19. A vacina só é contraindicada para pessoas com alergia ao ovo.


A terceira etapa de vacinação contra a influenza (H1N1) começou no dia 9 de junho e encerra em 9 de julho.


Além dos professores, incluídos agora, recebem as doses neste momento pessoas com comorbidades, com deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores portuários, Forças de Segurança e Salvamento, Forças Armadas, população privada de liberdade, funcionários do sistema de privação de liberdade e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.


Na primeira e segunda etapa de vacinação receberam as doses crianças de 6 meses até 5 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde, idosos acima de 60 anos e professores de escolas públicas e privadas de ensino básico e superior.

Pessoas desses grupos que não tenham sido vacinadas ainda podem receber as doses, indo até uma unidade de saúde. Não é necessário agendamento prévio.


Até o dia 13 de junho, já haviam recebido a vacina contra a influenza 16.268 pato-branquenses.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários