Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Programa de Desenvolvimento da Agricultura da Prefeitura de Pato Branco beneficiou mais de 600 produtores rurais

Prodeagri tem incentivado os agricultores a manterem-se no campo, através da valorização das propriedades

Com o objetivo de valorizar e estimular os agricultores a continuarem no campo, a Prefeitura de Pato Branco, através da Secretaria Municipal de Agricultura, realiza desde 2015 o Programa de Desenvolvimento da Agricultura (Prodeagri). Instituído pela Lei Municipal Nº 4.207, de 2013, o programa beneficia produtores rurais, por meio da aquisição de materiais para melhoria da infraestrutura de suas propriedades.  Foram disponibilizados em duas etapas, em 2015 e 2019, mais de R$ 1,2 milhão reais, em recursos próprios do Município, que beneficiaram cerca de 600 agricultores.

O Prodeagri contempla, os produtores rurais, em até R$ 2 mil reais, em materiais de construção para melhoria da infraestrutura, como a construção ou reforma de abrigos para animais ou para armazenamento de materiais e insumos. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Agricultura, a maior procura é por telhas, areia, cal, cimento, caixas d´água, palanques e telas. Para ser contemplada, a família deve ter até três módulos rurais, 80% da renda oriunda da agricultura, apresentar o bloco de produtor rural atualizado, Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e estar em dia com o pagamento de impostos e tributos municipais.

O secretário municipal de Agricultura, Clodomir Ascari, destaca que o Prodeagri é um programa de incentivo, valorização e de reconhecimento aos agricultores. “Grande parte da economia pato-branquense provém da agricultura familiar e proporcionar melhores condições de vida ao homem do campo é uma satisfação para a nossa gestão. Ver a alegria estampada no rosto de cada produtor com as benfeitorias em sua propriedade é ter a certeza de que esse programa deu certo”, salienta.

Valorização do campo

O produtor rural, Luiz Simionatto, 52 anos, da comunidade de Bom Retiro, foi um dos beneficiados pelo Prodeagri. Por meio do programa, adquiriu telha para fazer a cobertura do seu barracão e uma caixa de água de 5 mil litros. “Pra mim o Prodeagri é ótimo, porque sem ele teríamos que tirar o dinheiro do bolso para fazer esse investimento na propriedade. Com certeza é um incentivo para permanecermos no campo”, ressalta.

Francieli Zini, 32 anos, filha do beneficiado José Zini, também do Bom Retiro, conta que através do Prodeagri a família construiu um chiqueiro e uma estrebaria e hoje podem fazer queijos para comercializar. “Não teríamos condições de fazer a obra. Com a ajuda da prefeitura compramos o piso, telhado e demais materiais e melhoramos a estrutura do local”, afirma.

Para Adélia Sartor, 70 anos, da comunidade de São Brás, o Prodeagri veio em boa hora. “Eu precisava de uma horta de tela e me inscrevi para receber esse benefício que nos ajudou bastante, pois tirar R$ 2 mil para nós que moramos na roça não é fácil. Estamos muito felizes”, comenta.

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários