Website oficial do Município de Pato Branco

Notícia

Prefeitura de Pato Branco promoveu o I Festival Infantojuvenil da Canção

Grande final foi realizada na sexta-feira (25), no Clube Pinheiros, e contou com 24 apresentações marcadas pela emoção e revelação de talentos

Mayara Lindsei Klipstein da Silva, 1ª colocada na Categoria Infantil

O I Festival Infantojuvenil da Canção – Canto Livre, realizado na sexta-feira (25), no Clube Pinheiros, foi marcado pela emoção e pela revelação de talentos. Promovido pela Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e do Departamento Municipal de Cultura, o evento teve o objetivo de incentivar a criatividade musical e promover o intercâmbio cultural. A grande final contou com 24 apresentações, nas categorias Infantil (05 a 11 anos) e Juvenil (12 a 18 anos), e foi prestigiado por familiares, autoridades, imprensa e pela comunidade em geral.

Isadora de Barros Zanella, 2ª colocada na Categoria Infantil

O Festival foi dividido em duas etapas: a eliminatória, realizada na quinta-feira (24), onde, dos 49 participantes, selecionou-se para a final, 24, sendo 12 em cada categoria. Foram interpretadas canções nos mais diversos gêneros musicais, como pop, reggae, rock, sertanejo, gospel, MPB, entre outros. A banca do júri contou com músicos e profissionais com conhecimento artístico-cultural e musical, que consideraram os seguintes critérios de avaliação: interpretação, dicção, afinação, postura de palco, técnica vocal, carisma, harmonia e melodia.

Luiza Colla Masur, 3ª colocada na Categoria Infantil

Nessa edição, a novidade foi a participação do público na escolha do participante “Revelação”. Através da plataforma web Mentimeter, personalizada pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, a plateia participou da votação online, atribuindo notas de 6 a 10 para a apresentação de sua preferência. O participante, de cada categoria, que obteve a maior nota, foi premiado com uma gaita de boca. Além disso, os três primeiros colocados de cada categoria, avaliados pelo júri técnico, também receberam premiação: o primeiro lugar foi contemplado com um teclado; o segundo com violão elétrico; e o terceiro com violão.

Pedro Otávio Siqueira, 1º colocado na Categoria Juvenil

O prefeito Augustinho Zucchi ressaltou que o Festival Infantojuvenil da Canção é um dos mais importantes eventos da agenda do Departamento Municipal de Cultural. “O Festival oportuniza a expressão artística das crianças e dos adolescentes, que descobrem sua vocação para a música e podem aperfeiçoar essa arte. Para nós é uma satisfação realizar essa atividade, tão fundamental para o fomento cultural de Pato Branco”, enfatizou.

A diretora do Departamento Municipal de Cultura, Eliane Gauze, destacou que o Festival oportunizou momentos intensos, de muita música. “Eu acredito que a arte é capaz de transformar, de dar a possibilidade para os jovens terem sonhos. Esse Festival foi realmente um sucesso e demonstrou que estamos preparados para ampliar para a categoria adulta. O Município tem construído bases sólidas para que nossos jovens sonhem, queiram e realizem”, salientou.

Henrique Augusto Beber, 2º colocado na Categoria Juvenil

Interpretando a música “Romaria”, de Elis Regina, Mayara Lindsei Klipstein da Silva, de 11 anos, de Pato Branco, foi a vencedora na Categoria Infantil. Ela já havia conquistado o prêmio em 2018, no Festival Infantil. Emocionada, disse: “É algo inexplicável, grandioso. A música traz emoção e o público precisa sentir isso”, ressaltou.

Pedro Otávio Siqueira, de Marmeleiro, de 13 anos, que cantou “Você Mudou”, de Cristiano Araújo, afirmou que embora acreditasse no seu potencial, o resultado lhe surpreendeu. “Não tenho palavras, é muita emoção. É um incentivo para que eu continue acreditando no meu sonho de ser cantor profissional”, frisou.

Isabela Machado Bednarski, 3ª colocada na Categoria Juvenil

Allana Beatriz Tasca, de 13 anos, de Pato Branco, que se apresentou na categoria Juvenil, contou que ficou feliz em chegar à final. “Mesmo sem vencer, pra mim já é uma grande vitória. Festivais como esse ajudam a perder o medo e a ter mais confiança”, pontuou.

Edenilce de Oliveira Rocha, mãe de Elisa de Quadros, de 13 anos, também de Pato Branco, elogiou a organização do evento, salientando que iniciativas como essa contribuem significativamente para a construção de uma sociedade mais culta. “Foi fantástico. Fiquei orgulhosa da minha filha. O Município está de parabéns por promover festivais tão bonitos e ricos de gente tão talentosa”, comentou.

Classificação

Infantil

1º lugar: Mayara Lindsei Klipstein da Silva (Pato Branco)

2º lugar: Isadora de Barros Zanella (Pato Branco)

3º lugar: Luiza Colla Masur (Pato Branco)

Juvenil

1º lugar: Pedro Otávio Siqueira (Marmeleiro)

2º lugar: Henrique Augusto Beber (Pato Branco)

3º lugar: Isabela Machado Bednarski (Marmeleiro)

Revelação – Voto do público

Infantil

Gabriele Binatti da Silva (Pato Branco)

Juvenil

Ana Luiza Medeiros Thiele (Pato Branco)

FAÇA UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Ainda não existem comentários